Reinventar os bancos

August 24, 2017

Frequentemente os bancos são criticados por se preocuparem exclusivamente em gerar lucros para seus acionistas, sem beneficiar – aliás, em muitos casos, prejudicando – a sociedade como um todo. Mas pouco se discute sobre como mudar o que os bancos fazem.

Estudos de antropologia econômica mostram que o modo como as moedas em certas culturas são usadas pode reforçar tradições e contribuir para avivar laços comunitários (ver aqui).

Um curso online oferecido pela organização sem fins lucrativos, edX, em parceria com o MIT, pretende ensinar como mudar os bancos, ou seja como reinventar o modo como os sistemas bancários funcionam no mundo contemporâneo. O curso, portanto, explora a ideia de que os bancos podem (e devem) ser organizados de modo a beneficiar pessoas e o meio ambiente.

Trata-se de uma discussão que mereceria ser fomentada num país como Read the rest of this entry »

Advertisements

A toolbox for 21st-century economists

November 29, 2013

Kate Raworth (see here) published three posts with interesting embedded videos, which are series of presentations on “What is Economics?” . Part 3 (see below), as put by Kate, “sets out 11 ideas that should be in the toolbox of every 21st century economist”. And she adds: “[i]f you’ve got suggestions for what else should go in that toolbox, i’d love to hear…”.

Enjoy Kate’s video — Part 3, below. And check out the other two (here and here).


Should corporate culture and mainstream corporate law be rebuilt from the ground up?

September 3, 2013

A few days ago, the Institute of Policy Studies (IPS) published its Executive Excess 2013 report. The document offers a 20-year review of “achievements” of top-paid CEOs of U.S. companies. The “achievements” range from (1) being bailed out by taxpayers, to (2) being booted for poor performance or other reasons, and (3) being busted for fraud. A two-minute video (see below) provides a summary of the information shown in the report.

The CEO misdeeds reported by IPS raise the question of whether the “corporation” and its laws, as they currently exist, are the best way to go about setting up Read the rest of this entry »


Brazil a target of global land grab

April 27, 2012

In an earlier post, information was provided about the growing trend in land acquisitions by global economic actors (see here, in Portuguese). Is there a fair gobal law governing this global “land grab” process? The straighforward answer is: no.

Readers will centainly be interested in a recent report on the subject (click here via The Guardian here). In it, Brazil, India, Congo, Indonesia, Malaysia, Madagascar, Ethiopia, the Philippines, Zambia and Sudan appear as the top 10 “target countries”.

In Brazilian law schools the global landgrab is still by and large a nonissue. More attention should be given by law professors and students to this massive change in land ownership and its social, environmental, economic and geopolitical implications. The subject provides an example of what should be focused by global legal education (see also here).

[Update 11-may-2012: FAO on global land grab – new voluntary guidelines for administration of land, fisheries and forests rights – see here]

[Update 04-oct.-2012: The Independent: “World Bank ‘has aided land grabs'” — see here]

[free translation below ↓] Read the rest of this entry »


Políticas convencionais não estão funcionando: economistas pedem ‘plano B’ para a Inglaterra

October 30, 2011

Cerca de uma centena de professores de economia de universidades britânicas, encabeçados por Ha-Joon Chang (Universidade de Cambridge), publicaram recentemente uma ‘carta aberta‘ ao governo inglês, pedindo que um novo modelo de política econômica seja adotado o quanto antes. Os economistas criticam o governo da Inglaterra por desprezar evidências mais do que claras de que o atual modelo (conservador) não está funcionando. Tais evidências, como dito na carta, são informações e pronunciamentos de diversas entidades importantes, tais como o Fundo Monetário Internacional (FMI), o Institute for Fiscal Studies (IFS) e a Organização de Cooperação e de Desenvolvimento Econômico (OCDE).

O “plano B” mencionado pelos economistas repousa sobre algumas ideias não muito complexas, e que poderiam ser adotadas, sem grandes dificuldades, caso houvesse Read the rest of this entry »


Tribunal ‘verde’ na India

January 10, 2011

A India criou em 2010 um novo tribunal, com competência especial para processar e julgar litígios em matéria ambiental (ver notícia e outros links aqui). O  National Green Tribunal (este é o nome oficial da nova autoridade) entrou em operação em outubro de 2010 e tem sua sede principal na cidade de Bohpal, onde ocorreu um desastre ecológico de grandes proporções em 1984.


Política econômica e sustentablidade unidas no GGND

March 10, 2010

A política macroeconômica e as condições de sustentabilidade do processo de desenvolvimento econômico têm caminhado sem comunicar-se entre si de modo profícuo. Um esforço em articular ambas vertentes das formas de agir sobre o mundo material ganhou mais uma contribuição, oferecida em 2009 pelo Read the rest of this entry »