Breve marcha do yuan?

A moeda chinesa, o yuan, está em processo de se transformar em uma moeda de escolha para transações internacionais. Acordos como o indicado aqui são etapas desse processo. Passos futuros necessários para que o processo se complete são brevemente analisados em um artigo de Barry Eichengreen, disponível aqui. Segundo Eichengreen, a data escolhida pela China para completar o processo de internacionalização do yuan — 2020 — é factível, considerando que o dólar percorreu trajetória comparável entre 1914 e meados dos anos 1920.

Sobre o tema da ascensão internacional do yuan, tem-se desenvolvido alguma controvérsia jurídica. Brian Mercurio (da Universidade de Hong-Kong) e sua co-autora, Celine Leung, afirmam, em trabalho recente (via IELPB), que a manipulação cambial praticada pela China não viola normas do direito econômico internacional.

A capacidade de argumentação jurídica nesse campo pode ajudar na formação e/ou legitimação de estratégias diplomáticas. Isto sugere que a capacitação de juristas em direito monetário internacional e em direito do comércio internacional e suas interrelações (temas como Banco do Sul, Fundos Soberanos e outros vêm à mente) é uma necessidade para países que pretendem exercer algum protagonismo nas relações econômicas internacionais.

– – – – – – – – – – – – – – –

Veja neste blog a matéria correlata:

Leave a Reply

Please log in using one of these methods to post your comment:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: